Diário de Viagem: Montevidéu – Uruguai #2dia

Como a gente só tinha dois dias para conhecer Montevidéu, queríamos aproveitar o máximo possível. A cidade é pequena e os pontos turísticos são poucos, então dois dias são suficientes para conhecer as principais atrações. Porém no final ficamos achando que três dias seria o ideal, até para comprar algumas coisas que ficam faltando e aproveitar melhor alguns lugares. 

No segundo dia resolvemos voltar no mercado para comprar suvenires e doce de leite, e aproveitamos para almoçar por la mesmo.
Bus Turistico

Depois pegamos o Bus Turísticos para dar uma volta geral na cidade. A dica é pegar o ônibus no primeiro dia, porque ele passa por todos os pontos turísticos da cidade, é legal para você ter uma noção e ver o que vale a pena parar para conhecer. No nosso caso, como ficamos hospedados no centro e muitos pontos ficam por lá, decidimos fazer primeiro essa parte. E depois pegar o bus e fazer as atrações mais distantes. 

Esse segundo dia foi mais para ver a cidade. Fiquei muito impressionada com montevidéu, cidade muito limpa, organizada, os prédios antigos são muito bem preservados, bem cuidada mesmo, muito agradável. 


Orla Montevidéu


Além dos prédios históricos lindos, Montevidéu também tem orla, e bem grande por sinal, mas não é mar, a cidade fica as margens do Rio da Prata.

Esse dia foi super corrido para gente, queríamos parar em outros lugares, mas optamos fazer duas paradas. A primeira foi no prédio da prefeitura que fica na Av. 18 de Julho, la tem uma vista maravilhosa da cidade. Observamos que as coisas na cidade abrem muito tarde, não sei se é essa época do ano, o dia ficava claro muito tarde, sete horas da manhã ainda estava bem escuro, e isso atrapalhou um pouco nossa programação. 

Prédio da Prefeitura

Vista Mirador
Mirador

A segunda parada foi no Estadio Centenario. O marido adora futebol e esse tipo de passeio não pode faltar. Eu nem gosto muito, mas como gosto de conhecer tudo, acabo indo numa boa. O estadio estava em reforma e por isso não entramos no museu, somente no campo. Não tem nada demais, ele é muito simples, imaginei que fosse maior e bem mais cuidado, até porque ele bem famoso.

Estádio Centenario 
Estádio Centenario 
Estadio Centenario


Depois pegamos o Bus Turísticos, lembrando que ele passa de hora em hora nas parada, e fomos conhecer o Shopping Punta Carretas. Quem está acostumado com os shoppings gigantescos do Brasil vai ficar decepcionado. Apesar de ter uma arquitetura linda, ele é bem pequeno e tem pouquíssimas lojas conhecidas.


Tomamos um café, depois pegamos um táxi até a Fonte dos Cadeados na Av. 18 de Julho, ( Pagamos em torno de R$12,00 pela corrida). A fonte fica quase de frente para o prédio da Prefeitura, onde tem o Mirador. Você pode aproveitar e matar as duas coisas. Quase não andamos de táxi, mas até que achei bem em conta.

Voltando a fonte, ela fica no meio da calçada, e fiquei bem surpresa que não tinha ninguém vendendo cadeados. Gente, como assim? Ou seja, caso queira deixar seu cadeado lá com seu nome e o do boy juntos, já leve de casa.  

Fonte dos Cadeados

Depois dessa maratona do segundo dia, comemos um sanduíche na La Pasiva. É uma especie de bar lanchonete que tem em todo lugar por lá. Jantamos em uma pertinho da fonte, e como estávamos perto do hotel voltamos andando .
No próximo post tem Punta del Este. Espero vocês!

Siga o blog nas Redes Sociais: FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s